sexta-feira, 27 de março de 2015

Poema de Neidinha Borges...

 
 
Sou paisagens no meu pensar.
No sopro velejante do vento
me sinto livre, leve,
vivo o meu silêncio interior,
faço viagens serenas,
me tiro pra dançar,
abraço o mundo e saio batendo as asas.

Neidinha Borges
 

Sem comentários:

Enviar um comentário