sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Poema Gotico-Obsessão...

3
Obsessão

E ela vaga sozinha por caminhos sombrios, 
sem perceber o perigo que a cerca por todos os lados. 
Já não teme o perigo, 
já não tem preocupação alguma 
com tudo que ocorre ao seu redor... 
Apenas segue sem olhar para trás.
Tantos medos, tantas decepções,
tantas lágrimas derramadas em vão... 
Ou quem sabe não foram em vão, 
talvez ela realmente precisasse passar 
por esse turbilhão de sofrimento.
Ela experimentou sentimentos intensos, 
repletos de alegria,
apaixonados, tristes, sôfregos 
e uma grande parte desses sentimentos 
estavam envoltos por uma terrível obsessão, 
talvez loucura...
Lá no fundo ela sente o êxtase 
de tudo que passou. 
Lembra com detalhes 
todos aqueles momentos
que viveu na sua cegueira particular, 
a devoção doentia, 
tudo que abandonou, 
tudo a que se submeteu, 
tantas humilhações, 
as abdicações, 
sua autodestruição pessoal, 
seu vício, sua tortura, 
suas lágrimas, seu brilho perdido, 
sua descrença no amor, 
seu martírio eterno.
Ela não se arrepende de nada 
e não deseja voltar no passado 
e fazer tudo diferente... 
Esse sofrimento, essa dor dilacerante 
faz parte da sua carne, da sua alma,
de todo o seu ser.
Essa dor lhe acompanhará 
pela eternidade 
e o amor seguirá por um caminho oposto 
onde nunca mais possam se encontrar.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário