sexta-feira, 27 de julho de 2012

Poemas Goticos

Essa será a última vez
Que eu virei aqui essa noite
Essa será a última vez que irei cair
Num lugar que nos enfraquece

Eu consigo ver a dor em você
Eu consigo ver o amor em você
Mas lutar contra todos os demônios levará tempo
Levará tempo

Anjos queimam internamente por nós
Será que algum dia nós
Será que algum dia nós aprenderemos a voar?
Os demônios queimam dentro de nós
Será que algum dia iremos retornar?
Se recuperar?
Sempre irei me incomodar com as coisas que poderiam nos fazer mal

Essa será a última vez
Que eu desistirei essa noite
Há anjos e demônios rastejando aqui?
Eu apenas queria saber o que está embaçado e o que está claro para ver

Ainda assim consigo ver a dor em você
E consigo ver o amor em você
E lutar contra todos os demônios levará tempo
Levará tempo

Anjos queimam internamente por nós
Será que algum dia nós
Será que algum dia nós aprenderemos a voar?
Os demônios queimam dentro de nós
Será que algum dia iremos retornar?
Se recuperar?
Sempre irei me incomodar com as coisas que poderiam nos quebrar

Se eu fosse desistir - desistir disso
- e então
Respirar - tornar isso profundo
Porque pode ser a última chance que existe
A última
Que poderia nos fazer mal
Sempre irei me incomodar com as coisas que poderiam nos fazer mal 
de "A Estranha Perfect"
Banners
 
Adeus, Meus Sonhos!
Adeus, meus sonhos, eu pranteio e morro!
Não levo da existência uma saudade!
E tanta vida que meu peito enchia
Morreu na minha triste mocidade!

Misérrimo! Votei meus pobres dias
À sina doida de um amor sem fruto,
E minh’alma na treva agora dorme
Como um olhar que a morte envolve em luto.

Que me resta, meu Deus? Morra comigo
A estrela de meus cândidos amores,
Já não vejo no meu peito morto
Um punhado sequer de murchas flores!

de  Blank-Destination
 Banners

Sem comentários:

Enviar um comentário